Sports USA

Éder, central do Cruzeiro e da seleção brasileira

Ricardo Bastos

Você pode estar se perguntando o que o central do Sada/Cruzeiro e da seleção brasileira de vôlei, Éder Carbonera está fazendo na seção de entrevistas de um site sobre esportes americanos. Mas, saiba que ele é um dos muitos atletas de alto rendimento, das mais diversas modalidades, que amam e acompanham a NFL.

Cotado para disputar a Olimpíada do Rio em busca do sonhado ouro olímpico, Éder é torcedor do Seattle Seahawks, e conversou com o Sports USA, durante essa semana, sobre o que espera de seu time na atual temporada e o que sentiu na última partida, contra o Minnesota Vikings, decidida nos últimos segundos graças ao Field goal errado de Blair Walsh.

Leia também
Sports USA entrevista: Paulo Mancha, comentarista da ESPN
Sports USA entrevista: Cairo Santos, kicker do Kansas City Chiefs

Como e quando que você começou a acompanhar a NFL?
Sempre gostei de assistir aos esportes americanos, desde criança. Já assisti jogos de golfe, jogos da NBA, e só depois, já mais velho comecei a assistir o futebol americano. Rapidamente tomei gosto já que é um esporte emocionante, o jogo nunca está ganho e pode mudar a qualquer hora, e isso acabou me encantando.

Porque você escolheu torcer pelos Seahawks?
Foi meio que ao acaso. Minha esposa estava fazendo um intercâmbio em Vancouver, há dois anos, mas acabou indo conhecer Seattle e me trouxe uma camisa. Coincidentemente eles foram os campeões aquele ano e peguei bastante carisma com o time e a torcida e acabei virando torcedor.

Você já foi em alguma partida? Tem planos para isso?
Ainda não consegui coincidir as folgas no calendário do vôlei para poder ir. É muito difícil porque a temporada de Vôlei, que é quando estou jogando, é a mesma da NFL. Mas quem sabe no futuro não vou conseguir ir a algum jogo, é algo que está nos meus planos. De preferência do Seahawks, mas se não der pode ser de qualquer outro time.

Eder 01

Gosta de algum outro esporte norte-americano?
Como falei anteriormente também assisto muito a NBA, mas não tenho time. Não gosto muito do LeBron por que acho ele muito marrento. Mas é claro que é um grande jogador e sempre que dá assisto aos seus jogos, mesmo torcendo contra.

Como você faz para acompanhar a temporada da NFL, e o Seahawks, já que as temporadas acabam se batendo?
Acaba que apesar da incompatibilidade, pra torcer acaba sendo mais fácil, já que a tabela da NFL ajuda. Por exemplo, como tem muitos jogos aos domingos, mesmo que eu perca uma partida ainda consigo acompanhar outras duas, assim como nas quintas e segundas feira. Não batendo o horário com os dos nossos jogos eu vejo todas as partidas que passam na TV.

Qual o seu palpite para a sequência dos playoffs? Qual seria o seu Super Bowl, e quem fica com o título?
Eu acho que este próximo jogo dos Seahawks, contra o Cardinals deve ser meio que uma decisão antecipada. Dois grandes times e quem passar tem tudo para ficar ainda mais forte e confiante. Mas confio na defesa de Seattle e passando, aposto que chegaremos no Super Bowl contra New England Patriots, e vingaremos a final do ano passado.

Como você viu o último Super Bowl (Patriots vs Seahawks), decidido apenas na última bola?
Via ao vivo na minha casa, foi emocionante. O jogo tava praticamente definido para os Patriots e o Russell Wilson conseguiu liderar uma super campanha, ai ficamos vivos para ganhar o título, e erramos a jogada derradeira. Até hoje me dói aquela jogada, já que era só entregar para o Lynch ligar o “beast mode”. Mas faz parte do jogo.

Eder 02

Como foi ver um jogo praticamente perdido, como foi contra o Minnesota Vikings, e ganhar com um erro do adversário na última bola?
Foi uma loucura. Eu assisti esse jogo com a minha esposa, já que ela não entende muito eu vou explicando, e o Seattle ficou praticamente toda a partida atrás no placar, sem conseguir fazer nada no ataque. Aí em grandes jogadas do Russell Wilson conseguimos passar na frente. Aí quando parecia que íamos ganhar os Vikings fizeram boas jogadas e posicionaram a bola para um Field goal na linha de 27 jardas, para ganhar o jogo. E inexplicavelmente ele (Blair Walsh) errou. Talvez o frio, ou até mesmo a perna tenha pesado, como a gente do esporte fala, quando grandes jogadores falham na hora da pressão. Aí começamos a gritar no apartamento, foi muito legal.

Você já viu os treinamentos dos jogadores da NFL? Tem algo que eles fazem que é parecido com o que vocês fazem no vôlei?
Acho que a musculação que eles fazem é parecida. No vôlei a parte de academia, de força é muito grande assim como no futebol americano. O treinamento deles é muito forte nessa área e é bem próximo do que fazemos aqui.

Um comentário

  1. Pingback: D’Alessandro desafia Cairo Santos no twitter; veja o vídeo – SportsUsa

Deixe sua resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com