Sports USA

Conheça os trios de ataque das 32 equipes da NFL

Fotos: NFL/Site Oficial

Muitos questionam qual a peça ofensiva mais importante na NFL: o quarterback, responsável pela armação de todas as jogadas? O running back, responsável pelo jogo corrido do enfrentando os tackles adversários? Ou os recebedores, responsáveis por jogadas aéreas plásticas que normalmente fazem com que o time ganhe muitas jardas?

A resposta é simples: todas essas peças são de extrema importância e praticamente todos os times baseiam seu ataque com pelo menos um grande jogador em cada uma dessas funções.

Para que um quarterback possa demonstrar o seu potencial, é crucial que os recebedores estejam aptos para receber seus passes, por mais difícil que estes cheguem em suas mãos. Além disso, sempre que o running back faz bem o seu trabalho, ele faz a defesa adversária se preocupar com o jogo corrido, e com isso dá mais tempo para que seu quarterback possa fazer suas jogadas, e com isso, também dá mais tempo para o receber fazer sua rota e/ou se livrar de seu marcador.

Da mesma forma, para que um jogo corrido obtenha sucesso, é importante que o jogo aéreo também esteja funcionando, pois assim a defesa adversária estará se preocupando em parar os recebedores, abrindo mais espaço para o jogo corrido, e/ou abrindo espaço para o running back bloqueando os defensores. Portanto, o sucesso e a capacidade de um jogador de ataque, influencia diretamente para os demais!

Por isso, neste post decidimos relacionar o principal trio – considerando QB, RB e um recebedor (WR ouTE) – de cada time da NFL. Independente das lesões e suspensões.

Leia mais
Conheça os 10 defensores que metem medo em todos os QBs
Conheça os 10 melhores wide receivers em atividade na NFL
Conheça os dez melhores running backs da atualidade na NFL
Conheça cinco quarterbacks que podem conquistar 1º Super Bowl

Pittsburgh Steelers – Ben Roethlisberger, Le’veon Bell e Antonio Brown

Steelers

Os Steelers vão iniciar a temporada sem Bell, mas DeAngelo jogou muito na última temporada e está pronto para manter o nível do trio principal. Big Ben tem o desafio de se manter saudável durante toda a temporada. Brown é hoje o melhor recebedor da NFL.

Green Bay Packers – Aaron Rodgers, Eddie Lacy e Jordy Nelson

Packers

Rodgers é para muitos o melhor QB da Liga atualmente. Se Lacy e Nelson se mantiverem saudáveis, os Packers tem tudo para chegarem fortes nos playoffs.

Carolina Panthers – Cam Newton, Jonathan Stewart e Greg Olsen

Panthers

O MVP da última temporada (Cam Newton) só deseja que o ataque repita as atuações da última temporada. Greg Olsen é um dos poucos na lista que é Tigth End.

Arizona Cardinals – Carson Palmer, David Johnson e Larry Fitzgerald

Cardinals

Palmer tem um ótimo elenco ofensivo em mãos e David Johnson e Fitzgerald são apenas algumas dessas opções. Os Cardinals talvez sejam o time que menos teria problema caso perdesse um dos dois.

Seatle Seahawks – Russel Wilson, Thomas Rawls e Doug Baldwin

Seahawks

Wilson vem crescendo a cada ano e na temporada passada teve a grata surpresa do desenvolvimento de Rawls. Baldwin recebeu para mais de mil jardas na temporada anterior e espera manter o nível este ano.

New England Patriots – Tom Brady, James White e Rob Gronkowski

Patriots

Brady dará lugar a Jimmy Garoppolo nas primeiras semanas por conta de uma suspensão. White não mostrou muito ao que veio nas poucas oportunidades que ele teve nas duas últimas temporadas. e Gronk, bom é o melhor tigth end da NFL e um dos melhores recebedores.

Dallas Cowboys – Tony Romo, Ezekiel Eliott e Dez Bryant

Cowboys

Romo se lesionou na pré temporada e dará lugar a Dak Prescott. O novato foi muito bem nas oportunidades que teve nos jogos de pré temporada, inclusive em um jogo contra a defesa titular  de Seattle. Outro novato, Ezekiel Eliott é candidato a ser estrela da liga, principalmente jogando com uma linha ofensiva que abre tantos espaços. Bryant está no top 5 de recebedores e precisará guardar os seus impulsos de reclamar após a jogada, para não colocar pressão em seu próprio QB.

Tampa Bay Buccaneers – Jameis Winston, Doug Martin e Mike Evans

 

Bucs

Winston teve uma boa temporada de estréia e apenas pela sua presença, Martin voltou a ser um dos principais corredores da Liga. Evans tem dois anos de experiência na NFL e em ambos recebeu para mais de mil jardas. No entanto, o jogador aumentou os seus números em 20% depois da entrada de Winston no time.

Jacksonville Jaguars – Blake Bortles, Chris Ivory e Allen Robinson

Jaguars

Bortles foi um dos principais passadores para touchdown na última temporada. Muito por não ter um corredor que pudesse conduzir o time nas últimas jardas do campo. Agora Ivory chega para suprir essa necessidade. Robinson é um atleta excepcional, recebeu para 1.400 jardas na última temporada.

Kansas City Chiefs – Alex Smith, Jamaal Charles e Jeremy Maclin

Chiefs

Smith é confiável, Charles em forma é um dos melhores corredores da Liga e Maclin é um ótimo recebedor.

New York Jets – Ryan Fitzpatrick, Matt Forte e Brandon Marshall

Jets

Depois da novela finalmente Fitz renovou. O quanto este tempo irá impactar em sua performance? Marshall que chegou na última temporada e foi muito bem agora terá Forte, seu antigo companheiro de Chicago, para distribuir o jogo.

Atlanta Falcons – Matt Ryan, Devonta Freeman e Julio Jones

Falcons

Ryan foi um dos maiores passadores da liga na última temporada. Freeman a maior surpresa daquele ano. O mesmo em que JJ foi o recebedor com o maior número de jardas. Estão os Falcons prontos para visitar os playoffs novamente?

Buffalo Bills – Tyrod Taylor, Mccoy e Sammy Watkins

Bills

Taylor ganhou confiança, algo que Mccoy precisa recuperar. E Watkins espera ter a sua segunda temporada recebendo para mais de mil jardas!

New York Giants – Eli Manning, Shane Vereen e Odell Beckham JR

Giants

Eli precisa de menos turnovers. Vereen precisa ter mais potencial para correr com a bola e não apenas ser uma opção para passe. Odell é o segundo melhor wide receiver da liga e precisa apenas manter o seu nível.

San Diego Chargers – Philip Rivers, Melvin Gordon e Keenan Allen

Chargers

Rivers vai para mais uma temporada no comando de San Diego. Gordon chega para a sua segunda temporada, ele foi bem nas oportunidades que teve até então. E Allen precisa se manter saudável.

New Orleans Saints – Drew Brees, Mark Ingram e Brandin Cooks

Saints

Brees, Ingram e Cooks precisam manter o nível da última temporada e torcer para que a defesa melhore.

Indianápolis Colts – Andrew Luck, Frank Gore e T.Y Hilton

Colts

De volta, Andrew Luck espera que Gore e Hilton melhorem o desempenho da última temporada. Potencial para tal ambos já demonstraram que tem.

Oakland Raiders – Derek Carr, Latavius Murray e Amari Cooper

Raiders

 

Carr, Murray e Cooper estiveram em grande nível na última temporada e se apresentarem a evolução que todos aguardam, os Raiders jogarão os playoffs.

Houston Texans – Brock Osweiler, Lamar Miller e DeAndre Hopkins

Texans

Osweiler recebeu um ótimo contrato como prêmio depois de ajudar o Denver Broncos a vencer o último Superbowl – classificou o time para os playoffs antes de Manning reassumir. Miller poderá enfim mostrar o seu potencial sem a linha ofensiva problemática de Miami Hopkins é o terceiro melhor receiver da liga atualmente.

Cincinnati Bengals – Andy Dalton, Jeremy Hill e A.J. Green

Bengals

Com Dalton saudável os Bengals voltam a ter um ataque de respeito.

Minessota Vikings – Sam Bradford, Adrian Peterson e Stefon Diggs

Vikings

Bradford terá mais uma oportunidade para tentar chegar no nível em que se esperava dele quando entrou na NFL. Peterson é o melhor corredor da liga e Diggs é um talentoso recebedor que terá a sua segunda temporada.

Chicago Bears – Jay Cutler, Jeremy Langford e Alshon Jeffery

Bears

Langford estreou bem na NFL na última temporada. O experiente Jay Cutler tentará manter o ataque equilibrado com Jeffery depois de perderam a sua principal peça ofensiva, Forte.

Los Angeles Rams – Case Keenum, Todd Gurley e Tavon Austin

Rams

Keenum precisava de uma oportunidade de iniciar a temporada como titular. Já que Goff não demonstrou potencial, os Rams vão apostar em Case. Gurley é o grande destaque deste time. Austin ainda não explodiu como alguns acreditavam.

Washington Redskins – Kirk Cousins, Matt Jones e Jordan Reed

Redskins

Cousins se tornou o quarterback da franquia e tem potencial para levar o seu time aos playoffs. Jones teve um desempenho de 3,5 jardas por tentativa. Jordan Reed é o segundo tight end que mais recebe passes na NFL.

Miami Dolphins – Ryan Tannehill, Arian Foster e Jarvis Landry

Dolphins

Tannehill continua quetionado por boa parte da torcida e da imprensa. Arian Foster voltará a atuar em alto nível? Landry conseguirá receber para muitas jardas mesmo jogando com um QB que prefere passes curtos?

San Francisco 49ers – Blaine Gabbert, Carlos Hyde e Torrey Smith

49ers

Gabbert iniciará a temporada como titular dos 49ers, será ele capaz de conduzir o time? Carlos Hyde teve um desempenho abaixo do esperado na última temporada. Smith dependerá mais do QB pois tecnicamente é um WR de muita qualidade.

Detroit Lions – Matthew Stafford, Ameer Abdullah e Golden Tate

Lions

Agora sem Calvin Johnson, sobrou para Stafford mostrar o seu potencial. Abdullah foi outro jogador abaixo do esperado na última temporada. Tate é bom, não chega ao nível do Megatron, mas por outro lado  tem um ótimo entendimento com o seu quarterback.

Tennessee Titans – Marcus Mariota, DeMarco Murray e Delanie Walker

Titans

Mariota tem mais uma temporada para se desenvolver. Murray mudou de casa mais uma vez e tentará mostrar o jogador que saiu do Cowboys e não o da última temporada. Walker é um bom tight end, veremos se Mariota o utilizará muitas vezes.

Baltimore Ravens – Joe Flacco, Javorius Allen e Steve Smith Sr.

Ravens

De volta após lesão Flacco terá não apenas Smith Sr como alvo aéreo mas também Mike Wallace. Em relação a posição de corredor, após o corte de Forsset do elenco resta saber se Allen estará preparado para carregar o piano.

Cleveland Browns – Robert Griffin III, Duke Johnson e Gary Barnidge

Browns

Robert Griffin “The third” é a grande incógnita da temporada. Johnson e Barnidge serão capazes de ajudá-lo a colocar o ataque dos Browns nos eixos?

Philadelphia Eagles – Carson Wentz, Ryan Mathews e Jordan Matthews

Eagles

Após a saída de Bradford Wentz será o responsável por conduzir o time. A dupla de Mathews e Matthews é mais uma aposta da equipe.

Denver Broncos – Trevor Siemian, C.J Anderson e Demaryius Thomas

broncos

Novo ciclo para os Broncos. Siemian foi bem na pré temporada e levou a posição de Paxton Lynch. C.J Anderson e Demaryius Thomas já mostram do que são capazes, mas sem um QB de qualidade será difícil alcançar a glória da última temporada.

E aí, para você, qual o melhor trio?

Um comentário

  1. Pingback: Previsão do SportsUSA para a temporada 2016/17 – Sports USA

Deixe sua resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com