Sports USA

Clay Guida vence nos pontos a 50º luta de sua carreira

UFC/Site oficial

Na 50ª luta na carreira, Clay Guida encarou Erick Koch e deu o show que dele se espera. Em constante movimentação e abusando da técnica na luta de solo, Guida minou o jogo de Koch e venceu por decisão unânime. Dessa forma, o “Carpinteiro” se reabilitou das duas últimas derrotas no UFC.

Único brasileiro escalado para o evento Vitor Miranda, 38, não foi páreo para Marvin Vettori, o mais jovem a lutar essa noite, com 23 anos. Vindo de derrota para Chris Camozzi, em maio de 2016, Miranda teve bons momentos ao longo dos três assaltos, mas Vettori conseguiu ser mais contundente nos golpes, dominou o centro do octógono por mais tempo e venceu na decisão unânime. Assim, o “Lex Luthor” somou a terceira derrota em seis aparições no Ultimate.

Outras lutas – Ex-campeã das palhas, Carla Esparza pisou no octógono do UFC Oklahoma com o peso de duas derrotas nas últimas três lutas. Mas diante de Maryna Moroz ela deu mostras do arsenal de golpes que a levou ao cinturão da categoria em 2014. Dominante nos três rounds, bateu Moroz na decisão unânime.

Depois de estrear no UFC com derrota diante de Khabib Nurmagomedov, número um no ranking dos leves, Darrell Horcher se reabilitou vencendo Devin Powell por decisão dividida.

No duelo entre estreantes no Ultimate, melhor para Jared Gordon, que não deu qualquer brecha para Michel Quiñones e venceu por nocaute técnico. Foi a 13ª vitória na carreira do norte-americano.

Abrindo a programação, Jeremy Kimball foi conciso no duelo contra Jeremy Kimball, enfileirando uma sequência de socos e vencendo por nocaute técnico com apenas 1min21s de luta transcorrida.

Deixe sua resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com